sábado, 17 de abril de 2010

Rede FALE no Paraná discute participação na "Marcha para Jesus 2010"

Por Marcus Vinicius Matos*

Em reunião no próximo domingo, dia 18 de abril, membros da Rede FALE no Paraná discutirão suas pautas de ação e expectativas para as próximas atividades do grupo. O ponto de encontro será na cidade de Curitiba, no vão central do Museu Oscar Niemayer.

Dentre os motivos de oração que o grupo coloca para esta reunião estão o apoio à Rede FALE em Campo Largo - cidade próxima a Curitiba - e aos irmãos do centro de treinamento Monte Horebe; bem como a atuação da Rede na campanha "Pró-Conselho de Juventude e Políticas Públicas de Juventude do Paraná", onde a Rede FALE é representada por Lays Gonçalves.

Além disso, o grupo organiza uma campanha de arrecadação de roupas e alimentos não perecíveis para os atingidos pelas chuvas no Rio de Janeiro e uma possível participação no Fórum Jovem de Missão Integral, que ocorre no dia 23 de abril, na Igreja Presbiteriana Central. Outro ponto de pauta de destaque é a participação do grupo na "Marcha Para Jesus 2010", que ocorrerá em Curitiba.

Na comunidade Ning da Rede FALE Paraná, Patrícia Geovana comenta suas preocupações com a Marcha: "É importante participar com o objetivo de sermos o contra-ponto, no sentido de estarmos ali para FALAR, denunciar, ORAR pelos problemas de nossa cidade, pois isso é uma atitude cristã". A Rede já tem uma experiência prévia no evento, quando participaram da "Marcha Para Jesus" em 2009, apresentando os problemas sociais de Curitiba em cartazes, faixas, banners e distribuindo o cartão Ore&Envie sobre saneamento ambiental.

Para Douglas Rezende, articulador estadual da Rede no Paraná, a participação tem um objetivo claro. "Na Marcha para Jesus nossa idéia é a da participação no sentido de denúncia social, dentro de uma visão de responsabilidade social cristã. Vamos marchar com Jesus pelo órfão, pela viúva e pelo estrangeiro. Os versículos finais de Mateus 25 são a base para nossa participação", defende.

Segundo Sarah Nigri, articuladora da Rede FALE no Espírito Santo e membro do comitê Pró-conselho de Juventude no estado, esse tipo de atuação é de fato importante e um desafio a fé cristã evangélica. “Precisamos reforçar no meio evangélico a noção de responsabilidade social do cristão e esclarecer que lutar pela justiça e pelos direitos dos excluídos não é uma questão de ‘caridade’, mas parte de nossos deveres como seguidores de Cristo”, diz.

A Rede FALE atua nacionalmente promovendo campanhas de defesa de direitos nos temas de Políticas Públicas de Juventude e Saneamento Ambiental. Além disso, promove atividades de conscientização e mobilização da juventude evangélica em todo o país.

*Marcus Vinicius Matos é secretário executivo da Rede FALE e mestrando em Direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Veja também:
+ Leia o artigo "Só Jesus Expulsa os demônios das pessoas - ou de como fui engolido pela baleia" sobre a participação da Rede FALE na "Marcha para Jesus 2005", no Rio de Janeiro.


2 comentários:

Stol disse...

Show de bola. Muito eficaz mesmo essa questão de participar da Marcha para divulgar atitudes sociais da cidade, muito bom.
Abração pra geral.
Paz.

FURQUIMARTES disse...

Caros irmãos da rede fale. Obrigado por suas orações, sua amizade e sua parceria na luta pela justiça. Grande Abraço a todos que tem levantado sua voz em favor dos menos favorecidos.
Abel
Centro de Treinamento Monte Horebe